10 maio 2005

Otto Lara Rezende

"Uma criança vê o que um adulto não vê. Tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo. O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que de tão visto ninguém vê. Há pai que nunca viu o próprio filho. Marido que nunca viu a própria mulher. Isso exige às pampas. Nossos olhos se gastam no dia-a-dia, opacos.

É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença".

(Vista cansada).

2 Comments:

At 24/4/07 23:17, Anonymous Anônimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! Adipex anorectic medication that work discount meridia European insurance travel Phentermine by cod + saturday delivery lcd monitors Gas powered rrbuy ionamin Us open tennis champions 68 buick wildcat specifications sacramento toyota trucks Free reverce phonecell phones parts jeep zoloft buy online

 
At 12/3/13 01:53, Anonymous Anônimo said...

Your own ρost ρrovidеѕ pгоven helpful
to us. ӏt’s reаlly helpful аnd уou really аre naturally reallу κnowlеdgeable
in this region. Υou haѵe got oρened uρ my perѕοnal eyes tо be able to νarious oρinion
οf this ѕρecіfic subjeсt alοng ωith intrіquіng, nоtable and ѕtrong
written content.

Herе is my site ... cyberpunkreview.com
my page > buy Xanax

 

Postar um comentário

<< Home